20/09/10

ele acordou com uma forte tesão

ele acordou com uma forte tesão a querer soltar-se do seu corpo, enquanto os lençóis quentes ainda cobriam a sua nudez. agarrou a sua pila dura e confirmou aquilo que já tinha sentido durante toda a noite...
ela estava sentada na cadeira da secretária quando ele abriu os olhos, sem roupas e de pernas cruzadas. contemplava-o enquanto dormia. ele sentou-se na cama de baixa estatura, ficando com a sua cabeça à altura do umbigo dela. começou por beijar-lhe os pés com a delicadeza que se impunha ao tocar território do corpo tão poucas vezes alcançado. depois, afastou-lhe os joelhos e trincou as suas coxas. foi trincando e beijando e, por vezes, roçando apenas os lábios até chegar às virilhas. lá, tocou-lhe a pele com a ponta da língua e ficou, por instantes, a respirar fortemente onde as duas pernas se uniam. aproximou os lábios do seu sexo e lambeu-o de baixo para cima com a força necessária para ela largar um gemido, ao mesmo tempo que apertava com carinho os seios despidos. lambeu-o uma e duas e tantas vezes, pressionando-lhe o clítoris e fazendo-a agarrar no seu cabelo enquanto vociferava o prazer que sentia. depois, enfiou a língua na cona húmida enquanto lhe apertava as nádegas com as mãos e ela lhe enrolava as pernas à volta do pescoço... a língua e os lábios dele continuaram a amar a zona mais íntima do seu corpo até ao gemido final, quando ela se veio no colo da sua boca e lhe sussurou ao ouvido meu amor enquanto sorria.

3 comentários:

T disse...

É que não me farto disto.

sacana disse...

ainda bem.
tenho de ir buscar mais uns do fundo do meu blog, do início do movimento.

mariana, a miserável disse...

ainda por cima no fim é romântico..
estou à espera do livro..