17/11/11

Se passar dos 10 minutos, desconfiem!

"Um caso raro resultou na morte da estudante Bianca Bezerra Borges, 21 anos, de Belém (PA), que entrou em transe, ao ter um orgasmo prolongado por 12 minutos, e acabou indo a óbito. A jovem estava tendo uma “relação oral” com uma amiga de faculdade. O hospital que recebeu Bianca confirmou que o orgasmo ininterrupto de 12 minutos foi a causa da morte. 


Ela segurou forte o colchão com as unhas enfincadas, abriu a boca em forma de “Ó”, e as pupilas dos olhos ficaram girando, dando voltas, como se estivessem soltas dentro dos olhos dela, contou a amiga que estava presente durante a tragédia. 


A amiga contou também que, começou a desconfiar quando, aos 10 minutos, Bianca continuava na mesma posição, olhos revirando, e com a boca aberta gritando alto. Aos doze minutos ela apagou, e eu corri atrás de uma ambulância, disse a amiga. 


A pedido da família, a polícia vai investigar o caso. O delegado disse, em conversa com a reportagem de G17, que a amiga da vítima poderá responder por homicídio sem intenção de matar, se ficar comprovado, através de laudos, que ela foi a responsável em fazer a amiga sentir orgasmo por 12 minutos sem parar."


6 comentários:

ASB disse...

Quelle petite meurte!

T disse...

Isto cheira-me a esturro. A notícia está muito curta e mal contada. Como assim, confirma-se que morreu de orgasmo? Morreu do quê, exactamente? Falta de ar, ataque cardíaco...?

pedro b disse...

morreu de boca em forma de O...

duvido muito da veracidade desta história, mas achei que merecia ser paertilhada aqui

Anónimo disse...

lol, é de um site de humor, se repararem. Vão à pagina principal e leiam o cabeçalho da pagina

T disse...

Anónimo tem toda a razão. É paródia. O slogan do site até é "Sem compromisso com a verdade".

pedro b disse...

suspeitava, mas nao quis confirmar... agradava-me muito mais a ideia da morte por minete do que da invenção jornalistica.