09/03/11

quando o homem não está à altura

13 comentários:

T disse...

9 de Março de 2011, o dia a partir do qual já não posso dizer aos meus amigos que dizem que este blog é só javardice que "Bem, ao menos não temos zoofilia".

sacana disse...

esse tipo de comentários dos teus amigos é mais um exemplo daquilo que critico no meu blog, no post "obscenidades". se calhar também dizem que minetes é javardice. se calhar até vêem pornografia. se calhar receber broches não é javardice. é por essas e por outras que este movimento existe. tirar o "javardice" de tudo o que se relaciona com sexo. esta imagem é mais cómica do que outra coisa.

T disse...

Não é nada disso. Claro que vêem pornografia e não têm nada contra minetes, mas as imagens sexuais ainda são encaradas como algo que devemos ver às escondidas e nos devemos envergonhar. Infelizmente o mal não está restringido só ao sexo oral. É como se fossemos criados para ser ou frígidos ou tarados e perante esta escolha, ser frígido perante os outros é mais moral. Eu compreendo o que já me foi dito porque eu também já me senti assim.

Miss D. disse...

Concordo com o Sacana e detesto esses hipócritas que para eles broches é normal e as gajas têm quase obrigatoriamente que os fazer enquanto que minetes só fazem à namorada e só em casos especiais.... não há paciência para tanta hipocrisia --'

murmuria disse...

Graças aos céus que é um cão e não um felino.

T disse...

Miss D, acho que não leste aquilo que eu escrevi. As pessoas a quem me referia não têm nojo nenhum de minetes, muito pelo contrário. Na verdade são algumas das pessoas mais aceitantes em relação à sexualidade que eu conheço. O problema é a sensação de que isto é "pouca vergonha" que, por muito aceitantes que sejam, lhes foi martelada desde que eram pequenos. Não é a sexualidade em si mas sim a sua livre exposição que sempre nos foi dito ser imoral e, queiramos quer não, essas coisas ficam connosco de alguma forma.

T disse...

Ademais, isto tem tudo a ver com o facto de terem sido criados em casas católicas. Quando referi isto, não pensei que fosse caso para tanta surpresa... Ou sou o único aqui que tem amigos que se sentiriam embaraçados por lerem este blog num espaço público?

murmuria disse...

De entre os meus, conto menos de uma dúzia de amigos que não se sentiriam embaraçados ao ler este blog.

E, só porque me apetece atirar paus secos para a fogueira, fui criada numa família que não poderia ser mais devota e cá estou eu :P Ora ora, há que se ser crítico.

T disse...

Certo, eu também não fui criado no lar mais libertino, embora tenha sofrido de menos pressões que muita gente que conheço. Se sou mais libertino hoje foi porque em jovem revoltei-me =P Nem todos se puderam dar a esse luxo.
Eu concordo que há realmente homens que são como a Miss D e o Sacana descreveram, mas aquilo que eu descrevi é um problema diferente e, se não estou em erro, é ainda mais generalizado. Ambos devem ser abordados, mas não contribui para a solução estarmos a por tudo no mesmo saco.

murmuria disse...

Agora, falando em revoltas de adolescente, deixaste-me nostálgica.

Penso que o problema aqui foi o termo "javardice", é demasiado negativo e é normal que alguém farto de lidar com mentes pequeninas todos os dias, se revolte facilmente quando lê o mesmo associado a este blogue. Se bem que, pelo que me parece, a Miss D já não se dirigia aos teus amigos, mas às ditas mentes pequeninas em geral.

Moral da história, se queres lançar o debate, posta uma imagem com um cão a lamber um pipi.

T disse...

Ahahaha. Juro que não era minha intenção quando comentei a imagem, mas é bom ver isto animado.

Miss D. disse...

A murmuria acertou, eu não me referia aos teus amigos T, apenas a pessoas que conheço e que me deixam um pouco revoltada por essa mentalidade que possuem...

T disse...

Ah bom. Mas essa é a razão principal deste blog existir =P